Viva bem!

Melhore sua qualidade de vida

1 – Beba muito líquido e se alimente com dietas saudáveis como frutas vegetais, proteínas, carboidratos de baixa caloria e gorduras insaturadas (as encontradas no abacate, salmão, etc).

2 – Mantenha tudo limpo ao seu redor, assim como seu corpo. Tenha aquele sentimento de alegria que vem quando você olha em volta e vê que tudo está em ordem.

3 – Identifique o que lhe faz feliz. O que você quer da vida, e o que lhe dá real satisfação?

4 – Pare de se estressar tanto. A vida é cheia de problemas e eles provavelmente nunca vão acabar. Relaxe e não deixe que o estresse encurte sua vida útil.

5 – Passe mais tempo com seus entes queridos. O que supera a sensação de estar perto de pessoas que lhe importam e que cuidam de você?

6 – Entre na sua zona de produtividade. Uma boa vida também implica ser uma pessoa produtiva. Certamente, você não quer passar pela vida sem qualquer coisa feita e que afetam vidas.

7 – Escolha não ser uma pessoa estática e acredite no poder de crescimento. Você deve melhorar em tudo que está fazendo e, dessa forma, alcançar o crescimento.

8 – A qualidade do sono que você tem afeta tanto sua saúde física como mental.
Faça o que fizer, certifique-se de dormir bem todas as noites.

9 – Exercite-se regularmente. O sedentarismo predispõe várias doenças.

10 – Os relacionamentos desempenham um papel crucial na saúde mental. Saia, conheça novas pessoas, socialize e desenvolva relacionamentos que lhe apoiem.

11 – Descubra o que torna seu trabalho verdadeiramente significativo e se você precisa alterá-lo.

12 – Reserve um tempo para o lazer. Se permita reservar algum tempo para relaxar e se divertir.

13 – Desconecte-se de relacionamentos não saudáveis. Assim como relacionamentos saudáveis podem aumentar sua qualidade de vida, você não tem ideia de como relacionamentos tóxicos podem ser insalubres.

14 – Sorria. Sorrir mostra que você tem muita energia positiva por perto, independente do que a vida joga em você. Leva você longe da depressão e eleva seu humor.

15 – Leia e aprenda todos os dias. Aprenda novas habilidades, leia livros e informe-se sobre as coisas que acontecem ao seu redor.

Viva a vida !

Posso ajudar?

Esse post não é mais de um assunto técnico mas sim daquilo que eu pratico e priorizo nos meus atendimentos. Se você me escolheu, saiba que:

👉O meu olhar para a saúde não se restringe à “questões ginecológicas”. Tudo está interligado incluindo o nosso emocional, certo? Por isso preconizo um atendimento integrado e humanizado;

👉Você terá a minha total atenção e disponibilidade. Prezo por um atendimento muito personalizado visando o seu total bem-estar.

👉Você não vai encontrar um médico “tirando pedido” por aqui. Estou falando de ACOMPANHAMENTO. Todos precisam de médicos que acompanhem a trajetória do paciente, analisando evolução em determinados casos, manutenção de todas as práticas adotadas. Não é à toa que tenho pacientes comigo há mais de 20 anos!!

Ainda resta alguma dúvida sobre o meu atendimento? Caso positivo, escreve nos comentários.

Depressão

Sintoma muito comum no climatério, a depressão é multidimensional.

Ela afeta não só a saúde da mulher deprimida, bem como seu convívio familiar, social e profissional.

Em cada caso ela pode se mostrar de uma forma diferente.

Algumas das manifestações vão desde labilidade emocional, falta de interesse e disposição, diminuição da concentração, falta de apetite, alterações do sono, até sintomas dolorosos sem causas aparentes.

Além das alterações hormonais, a depressão pode estar relacionada à insônia, fogachos (calorões), abuso de substâncias, fatores ambientais ou genéticos, transtornos psiquiátricos ou da personalidade, etc.

Algumas circunstâncias desencadeadoras ocorreram muitos anos antes de surgirem os sinais e sintomas. Por isso, é fundamental uma história criteriosa.

Estressores crônicos, com duração acima de 3 a 6 meses, aumentam o risco de doenças cardiovasculares, diabetes ou mesmo diminuição da imunidade.

Mas, calma! Existem diversos modelos de tratamento e, ainda mais nesse assunto, a escolha tem que ser muito, muito individualizada.

Temos à disposição vários tipos de medicamentos que podem ser associados à psicoterapia, acupuntura, atividades físicas aeróbicas (de lutas até dança), meditação e até oração (??). Isso mesmo! A fé em uma crença verdadeira traz uma positividade no pensamento que ajuda muito no combate aos sintomas depressivos.

Outra coisa de extrema importância é a alimentação. Dieta do mediterrâneo, e dois potinhos semanais de frutas que contenham antocianinas (morango, mirtilo, framboesa, cereja e açaí) são de grande valia.

Enfim, há muito que pode ser feito nessas situações.

Dúvidas?

É só perguntar.

BIRADS

Muita gente tem me perguntado sobre a classificação BIRADS nas mamografias.

Este nome estranho, na verdade, é uma sigla em inglês (Breast Imaging Reporting and Data System) que, em uma tradução livre, significa “Sistema de Relatório de Dados sobre Imagem da Mama”.

A mamografia serve, principalmente, para o rastreio do câncer de mama e é o exame de escolha para esta finalidade.

Porém, quando as mamas são muito densas e a imagem da mamografia fica muito branca, podendo esconder pequenas lesões, geralmente solicitamos uma ultrassonografia ou ressonância magnética das mamas para ajudar na análise.

O BIRADS vem sendo utilizado nestes 3 exames e serve para resumir o que é visto nas imagens.

Sendo assim, segue a classificação e seus significados, para sua melhor compreensão:

• BIRADS 0 – Exame inconclusivo. Normalmente, essa classificação é utilizada para mamas muito densas e, em geral, precisamos complementar com outro tipo de exame (ultrassonografia ou ressonância magnética).
• BIRADS 1 – Exame normal, sem alterações aparentes.
• BIRADS 2 – Presença de alteração de caráter benigno.
• BIRADS 3 – Alterações provavelmente benignas.
• BIRADS 4 – Achado suspeito.
• BIRADS 5 – Achado altamente suspeito.
• BIRADS 6 – Presença de lesão investigada previamente e com resultado positivo para câncer.

Pronto! Agora você já sabe, mas, mesmo que seu exame esteja normal, não deixe de levá-lo para seu médico.

Ele é a pessoa certa para indicar o acompanhamento mais adequado para você.

Isso foi útil para você? Comente aqui que eu quero saber 👍🏻

Foco

As pessoas têm uma capacidade surpreendente de concentrar a sua atenção em coisas que “não estão acontecendo”. Isto é, nos preocupamos com aspectos que não são importantes, minando a nossa própria capacidade de sermos felizes no “aqui e agora”, concorda?

A pessoa sábia é capaz de ignorar tudo aquilo que não é útil, que não lhe permite crescer para avançar como ser humano. Ela sabe ser feliz e que é capaz de eliminar da sua existência tudo aquilo que lhe faz mal ou que não é útil.

Estamos frente a um ato de autêntica valentia, que vem precedido sempre de uma avaliação inteligente já que aplicar isso no dia-a-dia não é fácil, certo?

Perda de massa óssea

Você sabe o que é osteoporose e como ela aparece?

Primeiramente, é importante entender que os ossos não são uma estrutura estática.

A cada ano, 10% dos nossos ossos são renovados. Isso significa que, a cada 10 anos, temos um esqueleto totalmente novo.

Quando a mulher entra no climatério e diminui a produção dos estrogênios, esse processo fica desequilibrado com a absorção do osso maior do que sua renovação.

Com isso, as mulheres iniciam um processo de perda de massa óssea, que começa como osteopenia e pode chegar à osteoporose.

A consequência disso é que os ossos vão ficando menos densos e mais frágeis, logo, aumenta o risco de fraturas.

Mas, não há motivos para desespero.

Atualmente, temos várias formas, com e sem medicamentos, para prevenir ou interromper esse processo.

Você tem alguma dúvida?

Deixa aqui nos comentários.

Tricerídeos

Para evitar graves complicações a longo prazo é essencial controlar o nível de triglicerídeos. Te explico o porquê.👇

Eles estão diretamente relacionados à formação da placa de gordura dentro dos vasos e quanto maior o nível no sangue, maior a probabilidade de desencadear doenças como: infarto, pancreatite, esteatose hepática (gordura no fígado), aterosclerose (placas de gordura nos vasos sanguíneos) e até mesmo AVC.

Um possível fator é a falta de exercício físico, visto que os triglicerídeos são a reserva de energia que, quando não gasta, pode provocar o desenvolvimento de determinadas complicações.

Além disso, os triglicerídeos estão presentes nos alimentos ricos em carboidratos e gorduras saturadas como refrigerantes, açúcar, leite integral, queijos amarelos, carne vermelha, entre outros.

Fique atenta aos seus exames. Os sintomas de triglicerídeos altos são silenciosos. Dúvidas? Pode falar comigo!

De olho na diástase

Eu defendo muito o olhar completo para a mulher. Tento ao máximo, inclusive, entender as questões emocionais que a cercam pois tudo, absolutamente tudo, interfere na saúde.

O olhar para a diástase não é diferente pois faz parte de uma questão fisiológica ligada não só à gravidez mas também a alergias alimentares, respiração, exercícios físicos mal executados, etc e é de grande responsabilidade do ginecologista avaliar essa disfunção indicando o melhor tratamento para o fortalecimento e retomada da musculatura abdominal (caso isso seja um interesse da paciente e/ou estiver interferindo em outras questões).

O ginecologista cuida da saúde da mulher de maneira integrativa respeitando, claro, o que cabe à sua especialidade.

Três grandes remédios

Se pensarmos que remédio é aquilo que trata o que não conseguimos prevenir, podemos encaixar esses 3 que citei na legenda nessa categoria também.

Além de práticas que previnem as doenças, dormir bem, manter uma alimentação saudável e se exercitar melhoram qualquer taxa irregular do nosso organismo!

Esse conjunto combate a inflamação do nosso corpo que é a responsável, inclusive, pelas demências que enfrentamos com a velhice. Investir nesse conjunto é investir em longevidade com qualidade!

Quando um desses pilares está em desalinho a gente sente logo, né? Fora que uma coisa puxa a outra… faz sentido?

Autoestima: o melhor remédio

Você já ouviu dizer que o autoamor é alimento essencial para a cura?

Eu acredito muito nisso. Acredito que a falta de sintonia amorosa é destruidora para o nosso corpo e mente… adoece!

Viver o amor por si é estar longe da energia do ego que julga os outros que, para mim, é o que mais deixa a vida sem significado e sentido além de uma amargura sem tamanho!

A sua saúde depende desse amor! Pratique-o todo santo dia e previna-se do desgosto que leva a tantas doenças por aí.