SEGURANÇA DO TRABALHO 31

por Marco Antônio Menezes – Técnico em Segurança do Trabalho

FRASE DA SEMANA:

“Não importa o quanto essa nossa vida nos obriga a ser sérios… Todos nós procuramos alguém para sonhar… brincar… amar… e tudo o que precisamos é de uma mão para segurar e um coração para nos entender.” (Miguel Falabella)

NITRATO DE AMÔNIO

No artigo de hoje você vai aprender um pouco mais sobre essa substância.

Como você já deve saber, na terça-feira (04/08), uma explosão de proporções gigantescas aconteceu em Beirute (Líbano). Inicialmente, achava-se que fogos de artifícios teriam sido responsáveis pela explosão, mas logo foi notado, pela proporção e pela coloração da fumaça (vermelha, laranja), que se tratava de um composto armazenado no porto, o Nitrato de Amônio.

nitrato de amônio  é um composto químico de fórmula molecular NH4NO3.  explosão no porto de Beirute aconteceu no dia 4 de agosto de 2020, em um depósito que armazenava nitrato de amônio. O ministro da Saúde falou de “muitos feridos e danos extensos”. Testemunhas oculares disseram à televisão LBC que “pelo menos dezenas foram feridas e os hospitais estavam cheios de pessoas feridas”, a explosão sacudiu o centro de Beirute e lançou uma nuvem de poeira no ar. Testemunhas disseram que casas a 10 quilômetros de distância foram danificadas pela explosão. Após a explosão, uma grande nuvem de fumaça negra tomou conta da área do porto, um jornal libanês, teve sua sede destruída com partes do telhado caídas, janelas estouradas e móveis danificados.

No Brasil, acidentes com o nitrato de amônio já provocaram sustos. É de uma indústria química no polo petroquímico de Cubatão, na Baixada Santista, que é fabricado todo o nitrato de amônio produzido no Brasil. A fabricante nacional produz 500 mil toneladas por ano. Mas a maior parte do composto químico usado no país ainda é importado, de países como a Rússia e os Emirados Árabes. Ele serve de base para a produção de fertilizante para a agricultura: é fonte de nitrogênio, essencial para o crescimento das plantas.

“O nitrato de amônia é muito importante para a agricultura. O Brasil é um país que depende muito disso. Ele é comum, é antigo, é o mais estável, é muito melhor que outros produtos para agricultura.

No Brasil, o nitrato de amônio faz parte da lista de produtos controlados pelo exército que autoriza a importação, controla e fiscaliza a produção, transporte, venda e o uso do produto.

Características

É um sal inorgânico que, quando puro, é encontrado na cor branca e quando impuro nas colorações: cinza claro ou marrom, se estiver na forma de um cristal relativamente grande, aparenta-se com o sal grosso (NaCl). É inodoro, e, em solução aquosa, precipita-se misturando-se lentamente com a água, sua dissolução é bastante endotérmica.

Uma de suas particularidades agronômicas é que detém ao mesmo tempo duas formas de fornecimento de nitrogênio ao solo, a nítrica (NO3), e a amoniacal (NH4). Como a forma amoniacal tem carga elétrica positiva (+), pode se ligar aos colóides do solo, principalmente nas argilas, pois as mesmas têm cargas elétricas negativas. O mesmo não ocorre com a forma nítrica que tem carga elétrica negativa (-), não sendo portanto absorvida pelas argilas, podendo sofrer o processo de perda chamado lixiviação ou percolação, que é transporte às camadas mais profundas dos solos, escapando assim da ação absorvedora das raízes das plantas.

Riscos

 Perigos mais iminentes: Por ser oxidante, pode interagir com outros produtos. Quando contaminado com produtos orgânicos ou materiais oxidantes, aquecido, confinado, e ainda sob ação de agentes iniciadores, pode detonar. Risco de ignição ou detonação ao expor-se o produto ao calor e a materiais incompatíveis.

Perigos físicos e químicos: O nitrato de amônio é um forte oxidante. A contaminação pode promover a sua decomposição, tornando-o imprevisível e perigoso. Os contaminantes incluem matéria orgânica, cloretos, fluoretos e também alguns metais (exemplos: cobre, bronze, cromo, zinco e outros).

Efeitos do produto em animais: A inalação pode causar irritação do trato respiratório, com tosse, dor de garganta e dificuldade respiratória. O contato com o produto pode causar irritação na pele e nos olhos.

Exposto a altas temperaturas, devido à decomposição, pode liberar amônia e gases nitrosos tóxicos (NOx), capazes de provocar problemas respiratórios agudos.

Efeitos ambientais: É muito hidrossolúvel, podendo contaminar cursos d’água, tornando-os impróprios para uso em qualquer finalidade. O produto da combustão do nitrato de amônia é o óxido nitroso.

Efeitos na saúde humana: O nitrato de amônio causa irritações nos olhos, na pele e no trato respiratório. A substância pode afetar o sangue, devido ao íon nitrato, causando uma doença chamada metaemoglobinemia, ou doença do bebê azul. Seus principais efeitos na saúde humana e dos ecossistemas são decorrentes dos compostos secundários que podem ser formados.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s