Pílulas…

Em 1960 começou a ser comercializado o método contraceptivo mais utilizado hoje em dia, a pílula anticoncepcional.

Além de evitar a gravidez, ela também pode ajudar no controle da TPM e diminuir o fluxo menstrual intenso.

Existem vários tipos de hormônios e composições nas diversas pílulas disponibilizadas, o que as tornam bem diferentes e, portanto, a escolha deve ser individualizada.

Sempre converse com seu médico para ver qual é a mais adequada para você.

Feita a escolha, aqui vão algumas dicas:

–  A pílula que é boa para a amiga não é, necessariamente, a melhor para você.

–  Escolha o horário mais confortável para você tomá-la e procure mantê-lo, pois a ação dos comprimidos dura cerca de 24 horas.

–  Respeite os intervalos entre as cartelas, conforme orientação de seu médico.

–  Nunca interrompa uma cartela no meio e rola sem falar com seu ginecologista.

–  A proteção contra a gravidez já começa na primeira cartela, portanto, não há a necessidade de usar outro método para “garantir” a primeira cartela.

–  Lembre-se que a pílula evita a gravidez, não as infecções sexualmente transmissíveis. Para a proteção delas, o mais indicado é o uso de preservativos.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s