Tabagismo e reposição hormonal

Outro dia uma seguidora me fez a seguinte pergunta:
“Dr. Sérgio, eu tenho 50 anos e estou na menopausa. Quero fazer a reposição hormonal, mas sou uma fumante inveterada, fumando quase duas carteiras por dia. Há alguma contra indicação?” A resposta foi “Provavelmente sim!!”. E se posso te aconselhar, diria que a primeira coisa a ser feita, para você ficar de bem com a vida, é deixar de fumar!

Sabe por que? O fígado de uma fumante tem a capacidade de reduzir para quase a metade os níveis dos hormônios que nós utilizamos na reposição hormonal, por isso para que você possa fazê-la, doses mais elevadas dos hormônios de reposição têm que ser empregadas para que você obtenha o mesmo benefício que uma mulher não fumante.

A reposição hormonal até lhe trará benefícios iguais àqueles que traz para mulheres não fumantes, mas o seu risco de desenvolver uma doença cardiovascular é maior. Além disso, pesquisas demonstram que a mulher que fuma antecipa a menopausa em até 5 anos, e ainda acelera o envelhecimento da pele e a descalcificação dos ossos.

Portanto, o cigarro é um grande enganador, pois a usuária demora para perceber alguma limitação causada por ele. O ideal é sempre procurar ajuda médica e fazer exames regularmente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s