Câncer de mama

Assim como cada diagnóstico de câncer é único, a escolha do tratamento também será de acordo com as necessidades e condições do paciente e o acompanhamento de oncologista e mastologista também se fazem essenciais nesses casos.

Preservar a mama é sempre a primeira opção e nem sempre após o tratamento de um câncer de mama o órgão precisa ser retirado. Porém, em alguns casos a retirada é sim fundamental.

Vários parâmetros devem ser avaliados, como por exemplo tamanho e localização do tumor; ou se a mulher apresenta um risco elevado de desenvolver um câncer de mama (alterações genéticas).

Você já passou por isso? Quer bater um papo? Me mande uma mensagem nos comentários e vamos conversar!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s