A pele mudou?

Você tem percebido essa mudança, né?

A medida em que a produção de estrogênio e progesterona vai diminuindo cai também a produção de fibras de elastina e colágeno. A pele fica mais fina, frágil e ressecada e você percebe um aumento da flacidez, perda de elasticidade e tônus.

O desequilíbrio hormonal é característico dessa fase e inevitável. Sabemos também que o rosto fica mais oleoso e sujeito à acne, além de ser a causa do aparecimento de pelos grossos sob o queixo e nas laterais da face.

Agora, você sabia que a velocidade do processo depende de outros fatores como poluição, fumo, álcool, má nutrição, infecções, exposição solar, genética, hormônios e metabolismo?

Para amenizar esses efeitos, vale lembrar de usar sempre um bom protetor solar, levar um estilo de vida mais saudável principalmente fazendo uma alimentação rica em proteínas, fibras, ômega 3 e com baixo teor de açúcares refinados a fim de minimizar a perda de colágeno e devolver o tônus da pele.

Associar tudo isso com um acompanhamento dermatológico e nutricional é essencial.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s